19 a 21 de março - 10h às 19h | 22 de março - 10h às 17h

Pintou Cor

As cores influenciam a nossas sensações e comportamentos. Para entender melhor o seu impacto, vamos conhecer um pouco mais sobre a Psicologia das Cores, que estuda como o nosso cérebro identifica cada cor e a transforma em uma sensação ou emoção.
Vamos conhecer os significados:

 

VERMELHO

O vermelho é a cor que gera as reações mais imediatas. É uma cor extremamente quente, que desperta sensações intensas, como paixão, força, entre outras

ROSA

O rosa suave indica sensações de delicadeza, inocência, romantismo e proteção. Já os rosas mais intensos estão ligados à modernidade e à feminilidade.

ROXO

Conhecido como a cor da realeza e da nobreza, pode ser associado à calma, respeito e sabedoria. Associado à espiritualidade, mistério e poder

LARANJA

Associada à alegria e ao sucesso. Proporciona sensação de movimento, entusiasmo e desejo de ação, além de relacionada ao bom humor, ao calor e à energia.

AMARELO

Transmite otimismo e alegria, e está associada à inteligência, à criatividade, e ao estímulo da concentração.

VERDE

Remete a sensações relacionadas à natureza, e a situações de relaxamento, equilíbrio, harmonia e frescor.

BRANCO

Chamada de “cor pura” o branco transmite a sensação de paz, tranquilidade, limpeza e organização. Usado na medida certa, transmite a sensação de

AZUL

Transmite sensação de calma, serenidade e tranquilidade. Por gerar poucos estímulos pode aumentar a produtividade.

AZUL CLARO

Está ligado a sensações de limpeza, paz e frescor.

AZUL ESCURO

Indicado para ambientes corporativos, pois representa profissionalismo, seriedade, estabilidade, segurança e valores duradouros.

CINZA

Remete à modernidade e tecnologia. Por ser a cor dos metais como o aço, também está relacionado às sensações de solidez e estabilidade.

PRETO

O preto é uma cor poderosa, associada à elegância, à sofisticação e ao estilo.

Agora que já sabe os significados das cores, já pode criar ambientes mais confortáveis para você e seus clientes.
FONTE: Revista Ponto de Vista

 
 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Mais notícias