19 a 21 de março - 10h às 19h | 22 de março - 10h às 17h

Vai pintar a casa para o fim do ano? Saiba o que levar em consideração na hora de escolher a tinta.

Quem não gosta de renovar a aparência dos cômodos e deixar a casa mais bonita para receber a visita de amigos e da família nas festas de Natal e Ano Novo?

Além de caprichar nos objetos decorativos, a pintura das paredes também é uma forma de repaginar a estética residencial, mas, para isso, escolher a tinta certa é um fator determinante para um bom resultado. Se você está pensando em mudar alguns ambientes da sua casa ou apartamento neste fim de ano, confira algumas dicas da arquiteta Marina Carvalho!

Como escolher a tinta da parede?


Aplicar uma boa tinta na parede é, sem dúvida, uma das formas mais práticas de renovar os ambientes e torná-los mais aconchegantes e convidativos à confraternização e recepção do ano novo.

Pensar na estética e nos cuidados com a decoração é uma das partes mais satisfatórias do processo, mas a qualidade e a forma certa de aplicação da tinta também é essencial, principalmente quando falamos da pintura de paredes.

Saber escolher a tinta ideal ajuda muito a alcançar o objetivo visual desejado, além de garantir um acabamento bonito por mais tempo. Existem diversos pontos a serem considerados na hora da decisão, e isso vai muito além da escolha da cor.

A arquiteta Marina Carvalho explica que a aparência estética, o acabamento e a durabilidade do produto são detalhes primordiais na hora de comprar uma tinta.

No mercado, existem muitas opções, que oferecem resultados diferentes. Para a especialista, antes de tudo, é preciso definir se a tinta será usada em uma parede interna ou externa. “Devemos analisar a superfície que será pintada, pois isso vai dar uma noção de qual tipo de tinta devemos usar”, destaca a profissional.

É importante, também, que a parede esteja bem cuidada e lixada, já que imperfeições e irregularidades podem interferir muito no resultado da pintura. Além disso, é necessário pensar em cada ambiente de forma individual.

Qual o melhor tipo de tinta para cada ambiente?

A arquiteta Marina Carvalho explica que o tipo de tinta ideal também varia muito de cômodo para cômodo. Hoje, existem opções com mais ou menos odor, com ação antimofo e antibactericida, entre outros produtos.

Cada tipo de tinta é indicado para uma situação específica. Segundo a profissional, na parte interna da casa, a melhor escolha é o látex ou acrílico. Já na parte externa, o recomendado é trabalhar apenas com o acrílico.

“Nas salas e nos quartos, podemos usar a tinta acrílica. Nos ambientes mais úmidos, como banheiros, cozinhas e lavanderias, o recomendado é usar a tinta epóxi ou acrílica”, reforça a especialista.

A arquiteta ainda acrescenta que “em dormitórios, a tinta acrílica com acabamento fosco ou acetinado é uma ótima opção por conta de sua resistência e aspecto refinado e aveludado”. Em resumo, a definição da melhor tinta para cada ambiente fica da seguinte forma:

  • Para dormitório adulto e infantil: tinta acrílica com acabamento fosco ou acetinado;
  • Áreas residenciais externas: tinta acrílica;
  • Lavabos, lavanderias, banheiros e cozinha: tintas laváveis e com capacidade de impermeabilização, como acrílica e epóxi;
  • Para superfícies de madeira: tinta esmalte acetinada;
  • Para o teto: látex fosco.

A escolha de uma tinta de qualidade para a parede influencia diretamente a longevidade da pintura. Produtos de marcas que são referência no setor tendem a durar de 5 a 10 anos.

A dica de Marina Carvalho é preparar a parede antes da pintura. “Para garantir maior durabilidade ao produto, em alguns casos é recomendada a utilização de um selador como estratégia para preparar a superfície antes da pintura”, afirma.

Fonte: https://www.gazetadopovo.com.br/haus/decoracao/vai-pintar-a-casa-para-o-fim-do-ano-saiba-o-que-levar-em-consideracao-na-hora-de-escolher-a-tinta/

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Mais notícias